O que é a Macrobiótica | Consultas & Cursos Espiritualidade | Moods by Filomena Claro
A promover o bem-estar fisico, mental e espiritual.
bem-estar, saúde mental, espirito, mente, novo estilo de vida, lifestyle, ar livre, felicidade
16995
post-template-default,single,single-post,postid-16995,single-format-standard,theme-bridge,bridge-core-2.2.6,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,columns-4,qode-theme-ver-21.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive
 

O que é a Macrobiótica

O que é a Macrobiótica

A macrobiótica foi buscar a sua origem à língua grega, significa grande vida: makro (grande) e bios (vida).

Este ser/ter uma vida grande, não é querer apenas uma vida mais longa, implica tudo o que de uma grande a vida pode e deve ter: consciência, felicidade, pertencer a algo maior, amor, liberdade, sentido de justiça, paz, equilíbrio e muito, muito mais.

Baseada em princípios ancestrais, a macrobiótica chega ao ocidente através das mais saudáveis tradições orientais e ocidentais, constituindo-se como uma filosofia e vivência prática que abrange e unifica todos os aspectos da civilização humana e da ordem natural.

 “Nós somos o que comemos.”

Os alimentos criam o nosso sangue que nutre as nossas células, os órgãos e o cérebro. Sem alimento a vida não existe!

 

PRÁTICA MACROBIÓTICA

Uma prática mais natural ajuda-nos a perceber que as coisas simples da vida levam a grandes conhecimentos e realizações.

É urgente reaprender a noção de qualidade em vez de quantidade.

Deve ser uma prática simples adequada à idade de cada ser humano. Enquanto crianças e jovens necessitamos de mais proteínas para ajudar o crescimento do nosso corpo, quando mais velhos ficamos, menos necessidade temos de ingerir proteínas. Devemos sempre adaptar as necessidades do organismo ás diferenças climatéricas, alterações de saúde, idade e estado de espírito.

A prática macrobiótica não é uma prática rígida. Ouvir o corpo e adaptar as suas necessidades à prática diária.

Assim com sorrir, cantar canções alegres, dançar, abraçar e principalmente aceitar que somos um ser humano completo e maravilhoso!

 

A COZINHA MACROBIOTICA É BASEADA NA TRADIÇÃO PORTUGUESA E DO MUNDO

A selecção alimentar deve ter em conta o meio ambiente, as estações do ano, o clima e as necessidades pessoais. No dia a dia devemos consumir mais cereais integrais, vegetais e leguminosas.

Consumir alimentos naturais com o mínimo de processamento, frescos da época e da região, assim como cereais de grão integrais é uma regra básica para quem quer ter uma prática mais natural e em consequência uma mudança de vida para algo maior e mais consciente.

Ao utilizar diferentes formas de cozinhar os alimentos, podemos mudar a sua qualidade e contribuir para a saúde e bem-estar de cada membro da nossa família.

Não esquecer do ingrediente principal, que sem ele não poderemos confeccionar uma refeição equilibrada e nutritiva para toda a família: “AMOR”!

 

SUBSTITUIR EM VEZ DE PROIBIR!

Podemos começar por alterar coisas simples no nosso dia a dia.

Substituir o sal grosso de cozinha por sal integral, que contém muito mais sais minerais do que o sal refinado.

Substituir açúcares simples por geleia de cereais.

Substituir carne por alimentos vegetais ricos em proteína.

Substituir o arroz branco por arroz integral.

Evitar o consumo de lacticínios.

Consumir mais vegetais verdes.