PORQUE O BEM-ESTAR E O EQUILIBRIO EMOCIONAL DEVEM ESTAR AO ALCANCE DE TODOS - Moods
A promover o bem-estar fisico, mental e espiritual.
bem-estar, saúde mental, espirito, mente, novo estilo de vida, lifestyle, ar livre, felicidade
17431
post-template-default,single,single-post,postid-17431,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,columns-4,qode-theme-ver-14.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

PORQUE O BEM-ESTAR E O EQUILIBRIO EMOCIONAL DEVEM ESTAR AO ALCANCE DE TODOS

PORQUE O BEM-ESTAR E O EQUILIBRIO EMOCIONAL DEVEM ESTAR AO ALCANCE DE TODOS

O foco principal da MOODS é promover o equilíbrio de cada um, a todos os níveis, preocupamo-nos com o bem-estar físico, com o equilíbrio emocional, com a saúde mental, com a consciência espiritual e nesse sentido orientamos os nossos serviços e as nossas actividades.

 

Mas temos consciência de que nem sempre é fácil traduzir isso em acções que sejam acessíveis a todos.

 

Quando promovemos caminhadas sabemos que nunca irão estar connosco pessoas com mobilidade reduzida ou inexistente ou familiares que tomam conta dessas pessoas, por muito que fosse esse o desejo de todos;

 

Quando apelamos à alimentação saudável sabemos que nem todos poderão fazê-lo, porque não conseguem adquirir os alimentos, porque não conseguem cozinhá-los ou porque não conseguem prepará-los antecipadamente para os seus familiares acamados;

 

Quando desafiamos cada um de vós a pensar em si e fazer alguma coisa para se sentir bem, sabemos que isso nem sempre é tarefa fácil, nomeadamente se em casa estiver um familiar a necessitar de cuidados especiais, todos os planos para sair com uma amiga(o), ou planear um jantar romântico, ou simplesmente ir às compras se tornam um sonho impossível.

 

A lista de pequenas coisas que podem tornar uma pessoa cada vez mais isolada, culpada, frustada é longa e por experiência sabemos que nem sempre o apoio psicológico domiciliário que nos solicitam resolve o problema.

 

Muitas vezes quem pede a nossa ajuda está a tentar levar qualidade de vida a alguém que ama ou está à procura de companhia, de apoio, de atenção.

 

Diáriamente somos confrontados com situações avassaladoras de completo abandono, solidão, desumanização, no facebook, nas noticias, em artigos de opinião e da mesma forma que condenamos esses comportamentos também olhamos para aqueles que desejando proporcionar a maior qualidade de vida aos que amam se vêm obrigados a deixá-los sozinhos mais tempo do que desejam.

 

Pelo planeta multiplicam-se as sociedades que tratam, cuidam e honram os seus ancestrais mas o mundo ocidental ainda não percebeu que ao desprezar os seus progenitores está inconscientemente a sentir desprezível e a recusar as suas origens.

 

As consequências disso são regras e politicas que não deixam às pessoas espaço para cuidarem de quem lhes deu a vida com a dignidade e qualidade que merecem.

Se não trabalham, não têm como os alimentar, se trabalham não têm como os acompanhar e se se recusam a entrega-los a instituições correm o risco de ser mais abandonados do que sozinhos em casa. Uma coisa é certa, de uma ou de outra forma carregam sempre uma CULPA enorme por tudo o que não conseguiram fazer por aqueles que amam.

 

Existem ainda aqueles que por ironia do destino ou por escolha consciente sempre estiveram sós, sem uma rede de suporte, o problema acaba por surgir mais cedo ou mais tarde, quando as pernas não tiverem força ou a cabeça pregar partidas, sós caminharam pelo mundo e sós morrem.

 

Seja qual tenha sido a escolha, somos todos UM , somos todos responsáveis.

 

Cada pequeno passo aqui e ali fará sempre a diferença e a pensar nos pais, filhos e filhas, irmãos e irmãs, sobrinhos e sobrinhas, amigos e amigas, vizinhos e vizinhas, a pensar em todos nós e em todos vós, percebemos que podíamos ajudar a criar condições para mudar alguma coisa por muito pequena que seja e juntarmo-nos a tantos outros que partilham os mesmos princípios que nós.

 

A MOODS SÉNIOR faz parte do nosso horizonte desde que começámos, agora começamos a dar os primeiros passos

 

Desde 1 de setembro, a MOODS passou a disponibilizar dois novos serviços:

 

– Serviço de Apoio Domiciliário Ocasional, por 10x menos que uma consulta, quando for preciso, se for preciso, sem contratos, dias ou horas fixas, simplesmente adaptado às necessidades de cada um.

“Precisa de ajuda para si?

Vamos ao supermercado, à farmácia, ao correio….

Levamo-lo(a) ao médico, a passear, a visitar um(a) amigo(a)….

Ajudamo-lo(a) a preparar as suas refeições ou simplesmente a fazer-lhe companhia…

Quer sair, ir às compras, lanchar com um amigo(a), jantar e precisa que alguém tome conta do seu familiar, nós fazemos isso por si..”.

e

– Serviço de Apoio na Passagem que pretende trazer apoio, orientação, suporte aos momentos finais dos que partem e dos que ficam.

 

Esperamos poder mudar alguma coisa e contamos com todos vós que nos acompanham para divulgar e promover a mudança