Ser um Humano ou um parasita - Moods
A promover o bem-estar fisico, mental e espiritual.
bem-estar, saúde mental, espirito, mente, novo estilo de vida, lifestyle, ar livre, felicidade
17670
post-template-default,single,single-post,postid-17670,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,columns-4,qode-theme-ver-14.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

Ser um Humano ou um parasita

Ser um Humano ou um parasita

Vivermos sem sabermos quem somos, o que fazemos aqui, para onde vamos, que Poder temos, ou o que podemos conseguir, é como caminhar vendado junto a um precipício, podemos fazer o caminho todo sem que nada nos aconteça, simplesmente estamos… fazemos o que nos dizem para fazer, paramos quando nos dizem para parar, aprendemos a ser manipulados e gostamos, porque não precisamos pensar, nem fazer esforços, nem ter responsabilidades, nem sequer fazer a diferença, parasitamos… é uma escolha como qualquer outra, que somos livres de fazer, tal como um colaborador de uma empresa pode ganhar o seu ordenado ao fim do mês sem contribuir um cêntimo para os resultados da empresa usufruindo do trabalho dos seus colegas em seu próprio proveito, mais uma vez é uma escolha, como qualquer outra, que somos livres de fazer.

Mas também existe outra escolha, aquela que nos anima a ter o controlo da própria vida, sem ter de andar de olhos vendados, que nos anima a pensar por nós, a escolher conscientemente o que queremos e não queremos, a crescer em conhecimentos e valores reconhecendo a nossa sabedoria interna, aprendendo a trabalhar com ela e fazendo a diferença quer seja para o nosso Mundo quer seja para o Mundo dos outros ou até para o de todos nós.

Acontece que entre as Leis que regem o Universo existe uma que é tramada, a Lei do Retorno. É que nada do que pensamos, sentimos ou fazemos simplesmente se evapora, antes pelo contrário, cresce, cresce e vai andando , dá voltas e voltas até ao destino final, a sua origem.

Pode ser bom? Pode, pode ser maravilhoso mas também pode ser muito mau, dependendo das escolhas que fizemos.

Por isso vivermos sem saber quem somos é um tiro no escuro, nada nos garante que o caminho vai ser todo em frente e quando estamos no precipício sem saber para onde ir, às vezes o caminho é doloroso e tirar a venda à pressa é tão ou mais doloroso que o caminho.

Hoje a espiritualidade, enquanto conceito abrangente ainda é coisa de doidos e charlatões, mas um dia, não muito longe, a ausência de espiritualidade, como parte integrante da nossa essência, será coisa de parasitas e ignorantes.

A espiritualidade abrange um leque tão vasto de matérias que ter uma noção do que são, permite que as nossas escolhas sejam conscientes ainda que não necessariamente concordantes. Permite que a nossa sabedoria interna se manifeste e saibamos distinguir o que ressoa em nós ou não, por escolha própria e com conhecimento e poder para o fazer.

Por isso na MOODS nos preocupamos em disponibilizar formação que permite a cada um entrar sem receios e, passo a passo começar a conhecer mais de si, do mundo que o rodeia e das opções que tem para escolher Viver uma VIDA PLENA.

 

Consulte mais do nosso curso de desenvolvimento pessoal – “Iniciação à Espiritualidade”em:

INICIAÇÃO À ESPIRITUALIDADE – CURSO DE DESENVOLVIMENTO PSSOAL