Açucares simples versus açucares complexos | Consultas & Cursos Espiritualidade | Moods by Filomena Claro
A promover o bem-estar fisico, mental e espiritual.
bem-estar, saúde mental, espirito, mente, novo estilo de vida, lifestyle, ar livre, felicidade
17363
post-template-default,single,single-post,postid-17363,single-format-standard,theme-bridge,bridge-core-2.2.6,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,columns-4,qode-theme-ver-21.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive
 

Açucares simples versus açucares complexos

Açucares simples versus açucares complexos

Quem nunca experienciou a falta de açúcar no organismo e a primeira coisa em que pensa é num pastel de nata, num queque ou num chocolate.
A privação de açúcar pode causar tonturas, falta de concentração ou dores de cabeça.

O açúcar é simplesmente viciante! É culturalmente aceite, é adicionado a quase todos os produtos que encontramos no supermercado, das bolachas ao pão, das batatas fritas aos refrigerantes que as nossas crianças tanto gostam.

O açúcar acidifica o sangue, abrindo uma “porta” para doenças comuns como dores de cabeça, dores nas articulações, flatulência, problemas intestinais, problemas nos ossos, entre outras mais graves. Açúcar é mau mas adoçantes sintéticos são piores para o organismo.

Existem formas simples de reduzir o desejo por doces. Podemos começar por comer menos produtos animais, principalmente carne e se ingerirmos hidratos de carbono complexos, como por exemplo cereais integrais de grão, vegetais e leguminosas deixamos de ter tanta necessidade de ingerir doces.

Doces alternativas
Existem boas alternativas no mercado português de adoçantes feitos a partir de cereais, são hidratos de carbono complexos que absorvidos lenta e gradualmente pelo organismo.
Alguns exemplos de adoçantes naturais:
Mel de arroz, malte de cevada, malte de trigo, geleia de milho, fruta cozinhada, amasake, concentrado de maçã, xarope acer, entre outros.

As nossas sugestões
Sobremesas feitas com adoçantes naturais e produzidas sem lacticínios, ovos ou gorduras de origem animal. São muito mais saudáveis e não provocam um pico glicémico tão acentuado como as sobremesas ou bolos feitos com açúcar branco.